Mustafá Contursi é condenado apenas na Justiça

Lembram do caso do desvio de ingressos da patrocinadora para cambistas? Pois é, o caso foi parar na delegacia de polícia, virou processo na Justiça e agora o ex-presidente foi condenado em primeira instância pelo crime de cambismo. 

Segundo sentença publicada pelo Juizado do Torcedor do Tribunal de Justiça de São Paulo, o cartola terá de pagar uma multa de 25 salários mínimos (cerca de R$ 26,1 mil) para instituições de caridade. Claro que ele vai recorrer da sentença e vai tentar enrolar ainda mais. 

Os ingressos do caso citado, eram doados pela Crefisa, patrocinadora do clube que tem direito a uma cota de entradas para as partidas e, posteriormente, revendidos no “mercado negro” sem o conhecimento da empresa.

Mesmo com o caso sendo amplamente publicado pela imprensa na época e agora com essa condenação, o ex-presidente segue como conselheiro vitalício no clube e ainda conta com um relativo poder dentro do conselho.

Quando será reaberta aquela sindicância interna para punir os cambistas? 

Abraço a todos!