Miguel Borja volta a marcar e Palmeiras vence o Atlético-GO

Jogo perigoso. Toda vez que o Palmeiras joga em casa, é favorito para vencer. Ainda mais quando pega um time fraco como o Atlético-GO e todos (eu também) ficam esperando uma goleada, show de bola, etc. Ainda não é o momento para isso.

O time ainda está sendo ajustado pelo Cuca. E ele está com dificuldade para montar o time, já que temos muitos desfalques significativos em todos os setores.

Sem poder contar com nenhum volante marcador mesmo (Bruno Henrique vem aí), a defesa acaba muito exposta e o sistema defensivo sofre demais. Com Mayke e Egídio nas laterais, a coisa fica ainda mais difícil, ainda bem que temos um experiente Edu Dracena e o fantástico Yerry Mina na zaga.

Claro que o time comandado pelo Doriva veio fechado lá atrás. Duas linhas de quatro dificultando a vida dos nossos atacantes. Muitos passes trocados, triangulações, mas tudo parava na marcação adversária.

Com um meio-campo frouxo, estava muito fácil para o Atlético-GO apostar nos contra-ataques. Foi justamente aí que eles criaram as melhores oportunidades da primeira etapa. O gol que o tal Everaldo perdeu, cara a cara com o Prass foi um sinal que a sorte estava do nosso lado.

Depois de errar um chute de fora da área e participar muito pouco da partida, o atacante Miguel Borja fez o seu gol no último lance do primeiro tempo. Mérito também do Roger Guedes que está correndo muito, quase sempre marcando o lateral adversário e comendo a bola!

Com o gol, o time do Atlético-GO foi obrigado a sair do campo de defesa. Assim, ficou mais fácil para o Palmeiras ampliar o placar. Alejandro Guerra, que fez mais uma partida perfeita, quase fez um golaço de cobertura. Dudu entrou na vaga de perdeu uma chance incrível depois de uma bela assistência do Roger Guedes.

Nos minutos finais, tomamos uma pressão desnecessária e o Prass foi obrigado a fazer uma defesa importante para salvar o time. Enfim, ainda não é o que a gente espera do Palmeiras, mas o que importa é que o time está evoluindo e ainda deve ser reforçado enquanto os adversários vão perder peças importantes com a abertura da janela européia.

Abraço a todos!