Martinez faz dois e Verdão vence Galo de virada

chamada41.gif

Com apenas quatro minutos de jogo, o Palmeiras já havia sofrido dois gols. Um logo de cara, corretamente anulado devido a impedimento do jogador do Atlético Mineiro, e outro, validado, em bela virada de Eder Luiz em cima de Wendell. Péssimo presságio. No entanto, o Verdão fez com o time de Leão Tarja Preta em pleno Mineirão o que Sport e Internacional fizeram conosco no Palestra Itália, e acabou virando o marcador. O grande destaque foi Martinez, que, jogando de forma mais adiantada, conseguiu se mostrar mais eficiente.

Felizmente, o time não sentiu os gols prematuros do adversário, e logo aos oito minutos, chegou ao empate, graças a uma bela cobrança de falta de Martinez. No entanto, o Atlético levou bastante perigo à meta de Diego Cavalieri no decorrer da etapa inicial, com direito a bola na trave e tudo, sendo que nossa equipe criou apenas duas boas chances de gol, uma em jogada individual de William e outra em bom chute de Makelele.

Surpreendendo a todos, Caio Jr. voltou para o segundo tempo com Nen no lugar de William, ficando com Valdívia e Edmundo no ataque. A alteração acertou o sistema defensivo alviverde, que passou a proporcionar raríssimas chances de gol ao Galo. Aos 11 minutos, em passe de Edmundo, Martinez acertou belo chute no canto direito do goleiro da equipe de Belo Horizonte, e deu números finais à partida.

O Atlético tentou o empate de todas as maneiras, mas de forma incompetente, e só levou perigo ao gol verde com bolas de fora da área, uma delas batendo na trave. Em contra-ataques, o Verdão poderia ter ampliado o marcador, mas faltou tranqüilidade aos nossos atacantes.

Grandes atuações de Martinez, Gustavo, Dininho, Nen e Pierre Seleção. Valdívia apanhou muito e só para variar levou um cartão amarelo, que o suspenderá de nossa próxima partida, o mesmo ocorrendo com Wendell. Foi a quinta vitória do Palmeiras fora de casa.