Marcelo Oliveira elogia a pré-temporada e quer acabar com os chutões

Com um elenco mais qualificado, a pressão sobre o treinador começa antes mesmo do início das competições. Ao contrário do que aconteceu no ano passado, ele já conhece os atletas e eles tiveram mais tempo para trabalhar tanto a parte física quanto técnica.

“Fizemos 16 sessões de trabalho intenso. O trabalho de pré-temporada mudou um pouco. Já utilizamos bola e este é um elemento motivador. Fizemos muito trabalho de campo reduzido. A intenção é em espaço curto, com toques rápidos. Precisamos mesmo ser um time que possa sair jogando com mais tranquilidade”, disse o treinador.

Além disso, Marcelo Oliveira também elogiou as categorias de base do Palmeiras e afirmou que pretende aproveitar pelo menos dois atletas, o atacante Kaue e o zagueiro Augusto. O Augusto é justamente o atleta que errou o último pênalti que desclassificou o Palmeiras na Copinha.

O treinador precisa mostrar serviço e o time precisa ter uma saída melhor de jogo. Com várias opções no elenco e mais tempo para treinar, a torcida não vai aceitar um futebolzinho mais ou menos durante o ano. Não é questão de jogar bonito, mas mostrar um futebol de um time grande e que vai brigar pelos principais títulos da temporada.

Vamos falar mais sobre esses assuntos no “nave mãe” de hoje. Fique ligado!

Abraço a todos!