Luxemburgo aponta progressos táticos na vitória em Bragança

 

O técnico Vanderlei Luxemburgo elogiou a postura tática do Palmeiras na vitória de 5 a 2 sobre o Bragantino.”Não nos abatemos nem mesmo quando sofremos o segundo gol. O time cresceu em termos técnicos e táticos. Temos demonstrado maturidade nos momentos de adversidade”, avalia. Ele elogiou bastante a dupla de volantes formada por Pierre e Léo Lima.”O Pierre e o Léo Lima foram fundamentais. Eles ditaram o ritmo e deram equilíbrio ao time.

A atuação dos dois foi fantástica, pois deram sustentação ao trabalho do Valdivia e do Diego Souza. Eles estão se encaixando e se entendendo cada vez melhor.” Luxa não admitiu se a formação com Kléber no ataque, que deu bastante dinamismo ao setor ofensivo, é o time que ele considera ideal.”Eu não trabalho só com 11 titulares. Mas gosto de times que joguem futebol. Só isso. E foi isso que fizemos nas últimas partidas. Jogamos bola e vencemos. Tem muitos adversários que entram em campo só pensando em atrasar o jogo. A vitória privilegiou mais uma vez a equipe que mais procurou o gol.”

O comandante palmeirense fez uma análise da arbitragem e elogiou a atuação de Paulo César de Oliveira.”Foi um jogo difícil, mas ele fez aquilo que se espera dele: apitou a regra do futebol. As expulsões dos dois atletas do Bragantino foram justas, pois eles vinham fazendo rodízio de faltas. E a expulsão do Marcos também.

Ele sabe que errou e eu disse isso no vestiário”, analisou. “Foi um ato que veio naquele momento, acontece. Nós não vamos crucificar o Marcos por isso, pois ele não fez nada disso pensando em prejudicar a nossa equipe.”

Quando perguntado sobre o julgamento que será realizado hoje, o treinador palmeirense voltou a dizer que em nenhum momento faltou com respeito com as autoridades que comandam o futebol de São Paulo.”É só pegar as entrevistas que eu dei após a partida [contra o Rio Preto] e vão ver que jamais ofendi a moral da Federação Paulista de Futebol ou de seus comandantes.Critiquei, sim, a postura e a forma como estão conduzindo a arbitragem, e isso é um direito que eu tenho. O debate precisa estar aberto para as discussões do dia-a-dia, para falarmos de coisas do futebol.”

Fonte: Assessoria de Imprensa do Palmeiras

E qual a sua opinião? O time do Palmeiras vem progredindo taticamente?