Luxa esconde escalação para pegar o Noroeste

Após dois resultados que não estavam na programação (empate com Mirassol e derrota para o Ituano), o Palmeiras volta hoje a campo, às 18h10 (com transmissão pelo Sportv), com a obrigação de vencer. Vanderlei Luxemburgo deu boa resposta acerca do tema, na entrevista coletiva de ontem. “Quando cheguei, estipulei um projeto de vitórias e conquistas.

Vamos a Bauru com a necessidade de conquistar os três pontos, não porque deixamos de vencer os últimos dois jogos, mas sim pela proposta de estar no grupo dos primeiros colocados”. Estamos em sexto lugar, com oito pontos ganhos, a quatro dos líderes (Ponte Preta e Guaratinguetá), a três do terceiro (Jd.Leonor) e a um do quarto (Bragantino). A vitória se faz ainda mais necessária pelo fato de o adversário estar na sétima posição, com sete pontos ganhos.

Luxa mostrou que seu discurso após a derrota para o Ituano não ficará só na conversa. Luiz Henrique não foi sequer relacionado entre os 20 jogadores que vão a Bauru. Valdívia, suspenso, também não joga, assim como Leo Lima, ainda fora de forma. O grupo que viajou é integrado por Diego Cavalieri, Bruno, Elder Granja, Leandro, Valmir, Gustavo, Henrique, David, Maurício, Dininho, Pierre, Martinez, Wendel, Francis, Makelele, Diego Souza, Alex Mineiro, Lenny, William e Osmar.
As dúvidas ficam na zaga (Henrique, ex-Curitiba, pode estrear), no meio-campo (o substituto de Valdívia pode ser um volante, pois não há meias disponíveis) e no ataque (há a possibilidade de Lenny começar jogando). Uma coisa é certa: Diego Souza será o responsável pela criação, possivelmente auxiliado por Martinez. Uma escalação possível: Diego Cavalieri, Elder Granja, Gustavo, Henrique (Dininho) e Leandro; Pierre, Makelele, Martinez e Diego Souza; Lenny (Willian) e Alex Mineiro.