Luxa aposta em mudanças para detonar Guará

De um lado, o líder do campeonato. Do outro, um time em formação e com muito potencial. Curiosamente, os papéis estão trocados, com o Guaratinguetá vivendo o primeiro personagem, e o Palmeiras, o segundo. Coisas da vida. Só que a equipe interiorana não tem Vanderlei Luxemburgo como técnico, e o detentor de seis títulos importantes com o Alviverde Imponente preparou chumbo grosso.

Nos treinos de ontem, veio com quatro alterações, incluindo uma implorada por boa parte da torcida: Martinez no banco. A partida ocorre hoje em São José do Rio Preto, com início no horário global (21h45).

As mudanças começam pelo gol. Como pudemos conferir na segunda-feira, Marcos treinou muito bem, e, para surpresa de todos, esteve como titular ontem, no lugar do até então intocável Diego Cavalieri. Wendel entra na lateral direita, no lugar do suspenso Elder Granja. Gustavo Xerifão e Henrique terão a seu lado, desta vez, David, no esquema três zagueiros.

No meio, Pierre Seleção vai jogar ao lado de Léo Lima, polêmica indicação do técnico carioca que entrará na vaga do ídolo máximo de Dani Malacrida. El Mago Valdívia volta à equipe, teoricamente jogando mais avançado, ao lado de Alex Mineiro. Diego Souza no meio e Leandro na lateral esquerda completariam o onze verde. Digo “completariam” porque, em se tratando de Luxa, tudo é possível.

Mas que os Caio Boys estão indo para o espaço, lá isso, estão. Luiz Henrique foi devolvido ao São Caetano, enquanto Nen e Max não foram relacionados para a viagem.

O Guará é o líder do campeonato, com cinco vitórias e uma derrota, dez gols a favor, quatro contra e sete pontos à nossa frente. A única partida entre os dois é de triste memória: dois a dois no Palestra Itália, resultado que nos tirou da fase semifinal do paulistão 2007. Ou seja, eis o adversário atual para marcar o início de uma reação.