Lista de dispensas deve ser divulgada ainda hoje

O torcedor palmeirense  aguarda ansiosamente pelos reforços que devem chegar para a próxima temporada. Apesar da ansiedade, principalmente para a chegada de grandes nomes, a diretoria deve decidir também quem deixa o clube.

E a lista é longa. O Palmeiras tem hoje um elenco inchadíssimo e o contrato de muitos atletas termina agora, no dia 31 de dezembro.

Entre eles estão: Bernardo, Bruno César,  Eguren, Victorino, Diogo, Juninho Pampers, Wendel e Marcelo Oliveira, que já acertou com o Grêmio do Felipão (é impressionante como ele gosta de jogador cabeça de bagre).

Outros jogadores ainda têm contrato vigente, mas devem ser emprestados: Bruno, Deola, Felipe Menezes, Mazinho, Mendieta , Wesley e  Weldinho.

Ainda tem a turma que estava em outros clubes e volta, pois ainda têm vínculo com o Palmeiras: João Denoni, Maikon Leite, Vinicius, Tiago Alves, Tiago Real, o lateral Ayrton e até o Caio Mancha.

Nossa! Tirando alguns poucos aí que podem ser aproveitados (João Denoni merece ficar) é muita gente que precisa sair.

Para mim, a maior decepção de todos aí é o Bruno César. Ele estava empolgado para voltar o Brasil, prometia muito, mas acabou sendo um fracasso completo.

******

Na manhã desta segunda-feira, o programa Avanti alcançou 64.379 sócios-torcedores, contra 64.361 do Corinthians. Com isso, o Palmeiras passou a ocupar a quarta posição no Torcedômetro, atrás apenas de Internacional (127.313), Grêmio (80.304) e Cruzeiro (67.217).

Basta mudar o estatuto e permitir o voto do sócio-torcedor, assim como já acontece com o Inter, e o Palmeiras assumirá a liderança desse ranking em poucos meses.

Abraço a todos!