Lesão precoce mostra a necessidade de um elenco maior

Mal começou o jogo contra o NYC e o volante Bruno Henrique sentiu uma fisgada na virilha. Hoje, três dias depois, o jogador passou por exames em São Paulo e foi constatada uma lesão no musculo adutor da coxa esquerda

Desta forma, a dupla de volantes que vai atuar contra o Ituano e, provavelmente, contra o SPFC, em Araraquara, deve ser formada pelo Ramires e o ótimo Gabriel Menino. O time “titular” do treino de hoje foi o seguinte: Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez, Victor Luis, Gabriel Menino, Ramires, Lucas Lima, Dudu, Raphael Veiga e Luiz Adriano.

Sinceramente, acho arriscado demais começar com o Felipe Melo na zaga (e pouco adaptado). Pior ainda se na proteção da zaga tivermos um Ramires (ainda muito mal) ao lado de um Gabriel Menino (ótimo jogador, mas pouco experiente). 

Essa lesão já no início da temporada evidencia que um elenco enxuto é algo que deve ser muito melhor pensado. Daqui a pouco, teremos jogos eliminatórios, viagens longas, lesões e suspensões. Ainda não temos 30 jogadores para inscrever no Campeonato Paulista. 

Não há prazo para a recuperação do Bruno Henrique. 

Abraço a todos!