Leandro faz dois e Verdão detona Botafogo-RP

Com dois gols de Leandro, que pela primeira vez jogou uma partida completa com a camisa do Verdão, o Palmeiras venceu o Botafogo de Ribeirão Preto pelo placar de 2 a 0 na noite desta quarta-feira (20) no estádio do Pacaembu, perante aproximadamente 5 mil pessoas. A vitória foi merecida, pois o time teve de superar dificuldades e teve tranquilidade para isso.

Para quem esperava muito sofrimento perante uma das surpresas do campeonato, o time dirigido por Gilson Kleina não poderia ter começado melhor. Logo aos 5 minutos, Leandro recebeu bola na entrada da área, dominou bem e arriscou o chute, que o goleiro Rafael aceitou. Palmeiras na frente logo no comecino da partida. Aos 9 minutos, Juninho quase faz o seu, sendo desarmado na hora em que iria arrematar.

Aos 21 minutos, Wesley, que fez uma grande partida e chamou para si a responsabilidade de armar as jogadas e cadenciar o ritmo do jogo, mandou boa bola de longe e obrigou Rafael a fazer uma boa defesa. Charles, que entrou no meio campo, tomou amarelo aos 24 minutos, mas nosso time quase ampliou o marcador aos 24 minutos, com duas boas oportunidades.

O Botafogo só chegou com algum perigo à meta de Fernando Prass aos 29 minutos, quando Nunes cabeceou, livre, para fora. Aí, passamos pelo pior momento na partida. Henrique, aos 32 minutos, e Kleber, pouco depois, tiveram de ser substituídos devido a contusões, dando suas vagas para o estreante André Luiz e a revelação da base Caio Mancha.

Aos 39 minutos, Nunes outra fez recebe livre e, de cabeça, erra o alvo, para felicidade da torcida palmeirense. Wesley arriscou outro bom arremate aos 41 minutos, com a bola passando perto, e Danilo obrigou Fernando Prass a desviar a bola para escanteio, após ótima cobrança de falta.

Com menos de um minuto da etapa final, Palmeiras e Botafogo já tinham criado chances agudas de gol, com Zé Antonio e Juninho. Aos 2 minutos, Charles também testou Rafael, que impediu o gol alviverde. Aos 3 minutos, no entanto, ele nada pode fazer. Leandro aproveitou falha de Zé Antonio e mandou um chute certeiro, ampliando a vantagem do Verdão.

Aos 10 minutos, Wesley mandou uma bomba, com Rafael evitando o terceiro tento do Palmeiras. Leo Gago, que também jogou a partida toda e teve desempenho eficiente, tomou amarelo aos 20 minutos. Sem inspiração, o time de Ribeirão Preto só levou novamente perigo ao gol de Prass aos 26 minutos, em cruzamento de Francis.

Aos 30 minutos, Patrick Vieira entrou no lugar de Charles, e logo a seguir,Weldinho também foi amarelado. A partir daí, o Verdão passou a tocar a bola com tranquilidade e esperou o tempo passar, sendo que o adversário simplesmente jogou a toalha diante da derrota inevitável.

Vale destacar a estréia segura do recém-contratado zagueiro André Luiz, que em função da contusão de Henrique acabou formando o miolo de zaga com o também recuado Vilson (Maurício Ramos cumpriu suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo).