Lealdade versus Fidelidade

chamada20.gif

Se consultado qualquer dicionário, os verbetes não são excludentes, mas complementares. Os significados, semelhantes, são muitas vezes considerados sinônimos. Eu, particularmente, prefiro o leal ao fiel. E explico os porquês. Lealdade, segundo o Houaiss, significa “respeito aos princípios e regras que norteiam a honra e a probidade”. Fidelidade, mesma fonte: “característica, atributo do que é fiel, do que demonstra zelo, respeito quase venerável por alguém ou algo”

sobre_simbolo.gifÀ prática. Há a fidelidade canina. Não há a lealdade. Eu adoro os cães, mas nem por isso me comporto como eles. Ao que interessa. Domingo estaremos frente àquela que é considerada a fiel torcida. Não discutirei aqui se a denominação é, ou não, justa. E não o farei por porque somos melhores. A Torcida Palmeirista não é hipócrita, reconhece a verdade e não abana o rabo para o erro. Dotada de inteligência, recusa-se a aceitar o que tentam lhe impor técnicos, dirigentes e jogadores que não demonstrem respeito, vontade e amor à nossa Camisa.  

Sugerir a mudança deste comportamento seria desafiar o melhor do palmeirense. Não é o que pretendo, acreditem. No entanto, aos que desejam estar no Morumbi, faço um apelo. Vamos dar ao Palmeiras o que exigimos dele. Vamos apoiar o elenco que vestir o Manto Sagrado durante os 90 minutos deste clássico. Aguerridos, vamos entoar o nome da Academia e respeitar quem está no comando alviverde. Vamos provar que somos leais ao nosso Escudo com a dignidade que cabe ao Homem, não ao cão.