Kleina é ovacionado em Campo Grande e Prass pede reforços

Sem acordo e sem saber do seu futuro para o ano que vem, o técnico Gilson Kleina foi ovacionado na sua chegada a Campo Grande. Os mais assediado ainda ouviu gritos de “fica, fica” da torcida no Mato Grosso.

E parece que Kleina está irritado com a diretoria do Verdão. Primeiro, porque descobriu que não era a prioridade e segundo porque os dirigentes já sondaram Bielsa, Cuca e agora Oswaldo de Oliveira e nada de contar ao próprio Kleina o futuro dele. Sem falar que a proposta que recebeu do Palmeiras é inferior ao que ele ganha hoje.

Além disso, Kleina quer autonomia para montar o time, fora uma multa rescisória.

*******

O goleiro Fernando Prass já avisou do calendário apertado em 2014, e que é bom se reforçar logo. O atleta até citou o Centenário para o. Palmeiras montar um bom time.

“Temos uma base muito boa. Precisamos de um ou outro jogador para fazer um campeonato bom. Neste ano, por exemplo, tivemos de improvisar em muitas posições. Houve a pausa para a Copa das Confederações, e no ano que vem serão uns 45 dias para a Copa do Mundo. O calendário vai ficar apertado. Temos de nos reforçar”, orientou.

Prass ainda deu uma cornetada na demora da diretoria para as negociações.

“Eu acredito no que eles (dirigentes) falam, sobre discussão de contrato e planejamento para o ano que vem, mas cada dia que passa é um terreno fértil para especulação”.