Kleber passou, e o Palmeiras segue gigante…

Por Flavio Canuto

Segunda vitória consecutiva. Alto astral na Academia de futebol. Nem parece que há poucos dias, o Palmeiras enfrentava uma das piores crises institucionais de sua história.

Claro que o time não é dos melhores, e que essa diretoria é…a cara do Tirone. Mas desde a fracassada ida de Kleber para o Flamengo, e o festival de baixarias que o referido atleta promoveu por aqui, a coisa piorou demais. Passou dos limites.

A contratação de César Sampaio foi um baita acerto. O ex-volante, agora gerente, conseguiu em pouco tempo o que a diretoria nunca conseguiu: falar a mesma linguagem dos jogadores e trazer a confiança de volta.

Mas creio que a melhor coisa que aconteceu mesmo foi a (tardia) ida de Kleber para o Grêmio. Depois de criticar publicamente um diretor e o treinador, o atacante não poupou nem os seus ex-companheiros, ao afirmar que não tinha pra quem tocar, e mexeu com os brios do grupo.

O resultado estamos vendo em campo. Ainda estamos longe de ter a equipe dos sonhos do torcedor palmeirense, mas agora vemos um time de verdade em campo, fazendo o possível dentro de suas limitações para conseguir as vitórias.

Falta só mais uma para o palmeirense terminar o ano um pouco mais feliz…

E que sirva de lição: jogadores passam, mas o clube continua, e nenhum deles será maior que o Palmeiras. Jamais!

Abraço a todos!