Jaílson brilha e Palmeiras consegue bom resultado no RJ

O Palmeiras entrou em campo para mais um jogo do Brasileirão, com Cuca fazendo mais alterações na equipe e buscando ainda encontrar o time ideal para a competição. Já o adversário, via a partida como uma “final de campeonato” e queria vencer a qualquer custo.

Bem, se tivessem aproveitado melhor os trinta minutos inciais, talvez eles teriam conseguido uma boa vitória. Cuca apostou em Michel Bastos na lateral esquerda e ele foi um desastre no setor. Confesso que senti até saudades do Egídio! Pode isso?

Bruno Henrique mais uma vez entrou muito mal. E Tchê Tchê estava completamente perdido no meio-campo. Faltava o Thiago Santos para botar ordem na casa, o que só veio a acontecer na segunda etapa.

Levamos um gol logo nos primeiros minutos do Pará, o que apenas evidenciou a confusão que reinava no nosso sistema defensivo. Nem o ótimo Yerry Mina está conseguindo se destacar no meio dessa bagunça tática, que ficou ainda pior com a presença de Michel Bastos na ala esquerda.

Foi aí que brilhou a estrela do Jaílson mais uma vez. Juro que eu não acreditava que ele fosse substituir o Prass neste momento, mas Cuca ouviu o clamor da torcida e deu uma nova chance ao “da massa”, que não decepcionou. Fez ótimas defesas na primeira etapa e conseguiu salvar o jogo ao defender um pênalti do Diego.

Apesar da vantagem no placar, o Flamengo veio pra cima e deu o contra-ataque ao rápido time do Palmeiras. Erro fatal. Zé Roberto e Yerry Mina conseguiram pegar a defesa do dono da casa marcando em linha e o Palmeiras conseguiu virar o jogo.

Se não fosse a pixotada do zagueiro Luan, o Palmeiras poderia ir para o intervalo da partida com a vitória no placar. Não deu.

Infelizmente, perdemos Willian Bigode, espero que não seja nada grave, mas o Miguel Borja entrou bem no jogo. Arriscou mais, se posicionou melhor no ataque e quase matou o jogo no finalzinho. Méritos para o goleiro Thiago. Será que agora vai? Espero que sim.

Com Thiago Santos entrando na vaga de Bruno Henrique, o Flamengo perdeu o meio-campo. Ele botou banca e anulou o Diego, que não conseguiu meter mais nenhuma bola pro Everton Ribeiro do lado direito. O Mina já havia engolido o Guerrero, que tentou cavar faltas o jogo todo e saiu chorando como se ainda estivesse em Itaquera, onde marcam tudo pro dono da casa.

Quem não precisou simular nada foi o Geovânio, que foi indecorosamente derrubado pelo Michel Bastos dentro da área. Cuca ficou tão puto que sacou o jogador logo em seguida! Pediu tanto pra jogar pra fazer isso? Deve ter pensado ele. Pois é.

Depois da ótima defesa do Jaílson, acabou o cheirinho. A torcida perdeu a paciência com o Flamengo e o time tentou desempatar a partida sem nenhuma organização tática. Com um pouco mais de calma, e organização também, o Palmeiras teria conseguido marcar o gol da vitória no final. Foi por muito pouco

O problema é que o juiz amarelou nove jogadores do Palmeiras e não sei agora como o Cuca vai conseguir montar o time que vai jogar contra o Sport. Só espero que ele mantenha no time os jogadores que foram bem no RJ e que não deixe o Thiago Santos no banco de reservas!

Abraço a todos!