Gripe beneficia alguns times da Libertadores

Todo mundo tá cansado de ouvir falar dessa gripe suína. Todos sabem que o SPFC ia enfrentar o Chivas, do México. O que ninguém imaginava era que o time paulista ia se negar a jogar em território mexicano, com o apoio do Ministério dos Esportes, e que no final das contas, ia se beneficiar com essa decisão.

Por que? Os times mexicanos simplesmente anunciaram a sua saída da competição sul-americana (onde nem deveriam estar), e pasmem, o SPFC está automaticamente classificado para  as quartas de final.

Olha, eu não vou aqui falar o que a poderosa Conmebol deveria fazer, as possibilidades são várias. O fato é que a PIOR opção possível foi tomada. É quase como definir algo por sorteio, cara ou coroa, palitinho ou coisa assim.

Não me surpreende a decisão dos sábios dirigentes do futebol sul-americano. O que me espanta, de fato, é o silêncio sorridente da imprensa diante dessa barbaridade. Ninguém contestou nada, os comentários têm sido breves, e rasos. Ou seja, está tudo bem. 

Será que está tudo bem mesmo? Ah, o Palmeiras joga na quarta-feira, e não mais na terça. E a nossa diretoria, não vai se pronunciar?