Gilson Kleina comanda o seu primeiro treino no Verdão

Ele chegou ontem à noite, conversou com o grupo de jogadores e hoje comandou o time no seu segundo dia de retiro no Spa Sport Resort, em Itu, sob os olhares do presidente Tirone, o vice-presidente Frizzo e o gerente de futebol César Sampaio.

Sem poder contar com Valdívia e Barcos, o novo treinador do Verdão, começou a “implantar a sua filosofia” montando o time titular formado por: Bruno; Correa, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Daniel Carvalho; Maikon Leite e Betinho.

João Denoni, jogador que a torcida espera ver em campo, também treinou entre os titulares. Maikon Leite e Betinho, que haviam sido afastados por Felipão também reapareceram.

“Conversamos bastante, definimos algumas coisas, mas também não posso mudar muita coisa. A ideia é realmente entrar com três volantes, dando mais liberdade para os jogadores de meio”, afirmou o novo treinador palmeirense.

Kleina, que não parecia estar muito incomodado com a enorme presença de repórteres maiores emissoras de rádio e TV do País, falou sobre a importância de Valdívia para o bom desempenho do Palmeiras.

“O Valdivia é um jogador diferenciado e vai ter a responsabilidade de fazer a diferença pelos recursos e talentos que tem, assim como outros jogadores talentosos que vamos resgatar para jogar com alegria e para que o torcedor sinta que eles estão transpirando para sair dessa situação. Se a gente conseguir passar isso pro torcedor, a energia que a gente vai receber de fora vai ser muito forte”, completou o treinador palmeirense.

Concordo e como eu já escrevi antes, a responsabilidade nesse momento é dos jogadores, principalmente os mais decisivos, como Valdívia pode ser. Resta saber como eles vão se comportar agora com esse novo comandante e sua nova comissão técnica.

Amanhã, o time ainda fará o seu último treino antes de viajar para Florianópolis, onde encara o Figueirense neste sábado. A partida será uma verdadeira decisão para Kleina, que claramente deseja se tornar um técnico TOP, e para o Palmeiras se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Abraço a todos!