Férias coletivas e possíveis cortes nos salários dos jogadores

Claro que a crise causada pela pandemia do coronavirus está afetando a todos nós. O futebol brasileiro não ficou fora disso e, depois da interrupção das competições, ficou decidido que os jogadores terão férias coletivas. 

Em reunião, realizada por vídeoconferência, ficou decidido pelos dirigentes que os clubes entrarão em férias coletivas pelo período de 20 dias (01 até o dia 20 de abril). Uma nova reunião está marcada para o dia 15 de abril. 

Os salários podem ser reduzidos durante este período. A negociação será feita diretamente entre clubes e os atletas, mas poucos vão ter condições de manter os compromissos com jogadores e funcionários. 

O diretoria do Palmeiras já garantiu que fará o pagamento integral dos salários neste período sem jogos.

Vamos ver o que a milionária CBF irá fazer para ajudar os clubes, principalmente os menores que não terão renda alguma para bancar os custos.

Abraço a todos!