Falta testar mais alguma coisa?

Mesmo com o empate com o Audax, o Palmeiras é o líder na classificação geral do Campeonato Paulista. Ainda temos uma partida, contra também classificada Ponte Preta, nesta quarta-feira e, no final de semana, vamos disputar a primeira partida das quartas-de-final.

Contra o Audax e o Mirassol, o Palmeiras teve que ceder jogadores para as seleções de Brasil, Colômbia e Venezuela. Também por isso, o técnico Eduardo Baptista utilizou estas partidas para “rodar o elenco”.

Neste sábado, contra o Osasco Audax, até mesmo o desacreditado Alecsandro teve uma oportunidade para começar como titular. Nesta partida, Eduardo Baptista mais uma vez insistiu no 4-1-4-1 e as coisas não deram muito certo. Tudo bem, foi apenas um teste, mas os “buracos” na marcação se repetiram e a bola pouco chega ao ataque.

Mas, e agora, qual time viaja para Campinas? Dos “selecionaveis”, apenas Dudu pode ser relacionado para esta partida, os outros atuarão na terça-feira e só se reapresentam na quinta-feira.

Não acredito que mais testes são necessários. O ideal seria colocar em campo o time-base que vai atuar no final de semana, assim como o esquema tático definitivo para as quartas-de final. Quase sempre, um time grande fica de fora das finais e eu espero que neste ano não seja o Palmeiras.

Muita gente diz que o Paulistão não vale nada, que é um campeonato menor, mas quando o time é desclassificado uma crise profunda se instala no clube. Nesta temporada, até mesmo as duas únicas derrotas do Palmeiras na competição foram motivo para que a cabeça do treinador fosse colocada a prêmio.

Enfim, chega de testes! Vamos com tudo para cima da Ponte Preta com (quase) o mesmo time que vai encarar o Novorizontino, no final de semana.

******

É uma pena que não vamos poder atuar na partida de volta, no dia 08 ou 09 de abril.

Espero que desta vez a construtora responsável pela administração do estádio cumpra o que foi prometido e que o gramado “novo” esteja em boas condições para as partidas da Libertadores. Só acredito vendo…

Abraço a todos!