Experiente, Jean já sente o clima do dérbi de domingo

Desde 2005 no futebol, o volante/lateral/meia Jean já viveu disputou muitos clássicos pelas equipes que passou, mas esta vai ser a primeira vez que disputa um dérbi no Allianz Parque, com casa cheia e, infelizmente, torcida única.

Escalado para falar hoje com a imprensa, o atleta foi questionado sobre isso e se saiu bem:

“Torcida joga junto. Sei que quando é o contrário, falamos que não vai entrar em campo, mas quando é a favor…hehehe Aquela bola que passa perto no gol, na próxima a torcida vai gritar mais alto. Quando é a nosso favor, temos de levar para dentro de campo. Quando você olha para o torcedor, é algo muito empolgante, a adrenalina sobe”, afirmou Jean.

Jean também comentou sobre o sentimento da torcida palmeirense com o clube. Algo que sabemos muito bem, mas que nem sempre fica assim tão evidente para os atletas.

“É diferente, mais intenso, mais forte. É algo que agradeço muito a Deus por essa oportunidade. É um jogo marcante, marca o torcedor. O palmeirense é muito intenso. Ele consegue expor esse amor pelo clube. Acredito que é o torcedor mais apaixonado pelo clube em questão de se expor. Fiquei muito admirado”, disse Jean.

Jean também foi questionado sobre o leilão que está sendo feito pelo Gabriel Jesus, algo que chega a ser irritante pois cada dia aparece um clube que se diz interessado em pagar a multa rescisória e levar o atacante para a Europa.

“Vai fazer muita falta, com certeza, mas é importante para nós, o quanto tem ajudado. Não sei se vai ser agora, no ano que vem, no fim do ano, vai fazer uma grande falta para a gente”, lamentou o jogador.

Pois é, muita gente fez biquinho quando Jean foi contratado, mas hoje se mostra uma peça muito importante do elenco palmeirense. Confio no Jean e o vejo como um dos melhores e mais experientes do time.

Quem, como eu, achava que o Arouca seria o nosso principal volante se deu mal. Hoje, Jean é o cara no meio-campo ou na lateral-direita.

Abraço a todos!