Enfim, alguém assumiu o cargo de diretor de futebol

Depois de sondar e convidar três profissionais de renome no mercado, o Palmeiras anunciou finalmente hoje o nome do novo diretor de futebol do clube. Já era tempo. 

Com 51 anos, Anderson Barros é formado em Educação Física e muita experiência no meio do futebol. Já trabalhou em três clubes cariocas (Flamengo, Vasco e Botafogo) e foi inclusive diretor de futebol do Eurico Miranda. 

Anderson também trabalhou em clubes como o Coritiba, Vitória, Figueirense e Bahia. Ou seja, não falta rodagem para o novo homem forte do futebol palmeirense. 

Obviamente, o Anderson já conversou com o Alexandre Mattos e deve estar a par de vários obstáculos que vai encontrar no novo trabalho. Outra limitação será o “comitê gestor”, que irá funcionar como um órgão auxiliar do departamento de futebol, algo parecido com o que o “Euriquinho” fazia no Vasco. 

Claro que o Anderson não era a primeira opção e nem chega com o status do Mattos. Ainda assim, ele pode desempenhar um bom trabalho por aqui. Pelo menos ele já sabe como trabalhar sob pressão, com orçamento limitado e ainda com necessidade de montar um time quase novo. 

Era assim nos outros clubes onde ele trabalhou e talvez ainda mais no Palmeiras/2020. Vamos começar a trabalhar? 

Abraço a todos!