Empresário de K9 está na Espanha, e não foi passear…

Uma viagem até a Espanha, no início do verão europeu, seria uma boa pedida. Mas certamente este não foi este o motivo da viagem do empresário Marcos Malaquias ao velho continente.

Todos sabem que o grande sonho do artilheiro é vestir a camisa do Barcelona, e que o clube catalão também tem interesse em contar com o seu futebol. Ou seja, era uma “tragédia” anunciada, para nós, é claro.

O meu grande ídolo Evair disse aqui em Mondo Palmeiras: “Sempre honrei a camisa de cada clube por onde joguei, não importa qual o peso dela”. É exatamente isso que sempre cobrei do Keirrisson.

Sou a favor do livre comércio, da livre iniciativa. Qualquer um pode trabalhar onde quiser, contanto que tenha capacidade para isso. Nos dias de hoje com essa incrível velocidade da informação (tem gente lendo este texto agora até na China), a duração dos contratos dos jogadores são letra morta, um mero acessório decorativo. Alguém realmente achava que o K9 ia ficar até 2013?

Balela. Assim como as promessas feitas por dirigentes de que determinado jogador irá ficar por um tempo X ou Y. Fica difícil cumprir isso com as altos valores pagos pelos clubes europeus, mas não é impossível que o profissional dê tudo de si enquanto estiver por aqui.

Confesso que esperava mais do K9, mas agora só espero a confirmação de sua venda. Ah, que saudade do Evair!