Empate fora mantém Verdão na liderança

Debaixo de muita chuva e na casa do adversário, o Palmeiras conseguiu um empate por um gol contra o Ituano. O resultado pode ser considerado positivo, mesmo se levarmos em conta que o desempenho da equipe alviverde foi abaixo do que se poderia esperar. Na etapa inicial, Luxemburgo surpreendeu ao entrar em campo com Bruno, Jéci, Marcão e Maurício Ramos, Wendel, Sandro Silva, Jumar, Marquinhos e Pablo Armero, Willians e Lenny, mantendo vários titulares no banco.

No começo, mesmo com boa chance criada por Marquinhos logo de cara e cabeceada para fora por Jéci, o Ituano dominou, com Bruno fazendo ótima defesa logo após o lance do Verdão. Aos nove, Ricardo Xavier mandou na trave. Aos 11, Alex Afonso, aquele centroavante que faz gols a favor de todos os times em que joga, menos no Palmeiras, cabeceou, a bola desviou em um jogador nosso e entrou em nossas redes. Quando começávamos a temer por mais um resultado negativo, bela jogada de Pablo Armero e Marquinhos deixou Lenny na cara do gol, e o atacante não desperdiçou, empatando a partida aos 22 minutos. Aos 28, Alex Afonso, sempre ele, chutou, a bola desviou em Marcão e encontrou a trave novamente. Se aos 35 minutos um gol do Ituano foi corretamente anulado, o juiz foi rigoroso demais ao dar o segundo amarelo para o tosco Jumar, que aos 43 minutos nos deixou com um atleta a menos.

Para a etapa final, Luxa voltou com três titulares (Pierre, Cleiton Xavier e Keirrison) nos lugares de Jéci, Marquinhos e Willians. Demorou para o time engrenar, e Ricardo Xavier quase faz aos 7 minutos, travado na hora certa por Wendel. Tiago Bernardi acertou violentamente Pierre, aos 16 minutos, e levou o vermelho. Aí, ocorreu um paradoxo: se o Palmeiras passou a dominar a partida até o seu final, quem criou as duas chances mais agudas de gol foi a equipe de Itu, que mandou mais duas bolas na trave aos 28 (de novo com Alex Afonso) e aos 31 minutos.

Do nosso lado, Pablo Armero finalizou boa jogada de Lenny e chutou para fora aos 24 minutos. Se Pierre foi decisivo na marcação, Keirrison (só chutou uma bola a gol) e Cleiton Xavier se mostraram bem discretos. No frigir dos ovos, um empate justo.

******

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.