Egídio garante que pode também pode marcar bem na lateral-esquerda

Egídio chegou para ser lateral-esquerdo titular no Verdão. Fez boas partidas, e depois perdeu a posição para o fenômeno Zé Roberto, que mesmo aos 42 anos, ainda consegue jogar pelo setor. E não é fácil.

Na partida contra o Santa Cruz, Zé Roberto foi para o meio-campo e Egídio voltou para a lateral. E foi bem, inclusive na marcação, sua principal deficiência.

“Desde pequenininho sempre fui lateral e tinha de primeiro marcar para depois atacar. Antes do Palmeiras eu tinha uma ação (defensiva) boa tanto que falavam que eu era um dos maiores ladrões de bola. No Palmeiras realmente aconteceu de falar que não sabia marcar, mas na reta final eu tenho me concentrado mais, treinado mais forte a questão de marcação. A prioridade é marcar bem e quando puder sair forte para o ataque”, cravou Egídio.

Não é bem assim. A fama de “Avenida Egídio” já vem da época de Flamengo, mas concordo que ele está melhorando e pode voltar a ser titular no Palmeiras. Inclusive, acredito que ele comece jogando neste domingo, em Londrina e que o Zé Roberto continue no meio-campo, contra o América-MG.

O time “titular” que treinou hoje (quinta-feira) foi o seguinte: : Jailson; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Tchê Tchê, Moisés e Zé Roberto; Dudu, Róger Guedes, Erik e Leandro Pereira.

Será que o Egídio pode fazer outra boa partida? Acredito que sim, potencial para se destacar no ataque e na defesa, ele tem de sobra.

Abraço a todos!

*******

Pessoal,

Infelizmente, problemas técnicos (http://heartbeat.skype.com/) impediram que a gente gravasse o Bate-papo hoje. Amanhã a noite entra no ar, sem falta!