E sobram opções para montar o time…

O título da Copa do Brasil fez muito bem para o elenco do Palmeiras. Estou acompanhando a pré-temporada do Palmeiras, no Spa Sport Resort, e o clima é outro. Leve.

Todos estão ansiosos para o início da temporada 2016 e, com os reforços que chegaram, a concorrência dentro do elenco cresceu muito.

Talvez, a escolha da lista dos 28 jogadores que vão disputar o Paulistao 2016 seja a principal preocupação do técnico Marcelo Oliveira.

Com boas opções para quase todas as posições e com a limitação imposta pela FPF é inevitável que alguns bons nomes ficarão de fora da primeira grande competição do ano. A ansiedade para saber quem joga é grande.

Outra preocupação do treinador é evitar os chutões. Claramente ele ficou incomodado demais com as (justas) críticas feitas em 2015 sobre a dificuldade que o time tinha para sair jogando com a bola nos pés.

Pelo que vi nos treinamentos, isso é algo que o treinador não vai (e nem deve) tolerar neste ano. Nos coletivos em Itu, ele sempre parava tudo e dava broncas quando alguém tentava rifar a bola.

Em 2016, a maioria do elenco já se conhece e todos sabem que não podem repetir os erros do ano passado. Sobram atletas de qualidade para que o time tenha uma boa saída de jogo.

*****

O retorno de Rafael Marques foi importante para o elenco. Ele é muito querido por todos e a sua presença torna o ambiente ainda mais agradável. O cara é um líder mesmo.

Espero que ele consiga dentro de campo ser o atleta que se destacou no primeiro semestre de 2015. Depois disso, não sei exatamente o porquê, ele caiu muito de rendimento.

Potencial para contribuir muito, com certeza ele tem. Sem falar que também pode jogar também improvisado como centroavante. Daqui a pouco, as eliminatórias estão aí e o Barrios vai representar o Paraguai.

Será que o Alecsandro vai dar conta do recado?

*****

Na quinta-feira, falei com o Cleiton Xavier e ele disse que estava treinando forte, que estava tudo bem e dependia apenas do treinador para que ele voltasse a jogar em alto nível. Não botei muita fé, faltava conviçção.

Bem antes do que eu imaginava, ele sentiu um desconforto na panturrilha. Nunca aprovei a sua contratação, mas não imaginava que seria um fiasco tão grande.

Pelo menos para este ano, temos outras opções para o meio-campo e não precisamos tanto assim do Cleiton Xavier. Vamos aguardar os resultados dos exames.

*****

É uma vergonha a situação da construtora que administra o Allianz Parque.

Além de não terminar a obra como foi prometido (ainda faltam os restaurantes, o Museu, só para citar alguns), eles agora resolveram brigar também com a empresa responsável pela venda dos camarotes, com a gestora, etc…a coisa foi parar até na Justiça. Uma baixaria.

A nossa nova casa é um sucesso. A torcida abraçou o Allianz Parque, os adversários tremem quando jogam lá e esse tipo de notícia não combina com o momento atual do Palmeiras.

Sejam homens. Se vocês não têm competência para adminstrar o estádio…adiós!

Abraço a todos!