E a paz reina no mundo de Arnaldo Tirone…

Por Flavio Canuto

Na última semana, escrevi um post aqui em Mondo Palmeiras criticando a entrevista que Felipão havia concedido ao Estadão, na qual cobrava publicamente a diretoria para buscar reforços.

Compartilho da opinião do bem intencionado treinador, mas cravei (e continuo cravando) que sua atitude seria inútil, e fui duramente criticado por isso.

Poucos dias depois, o presidente Arnaldo Tirone concedeu uma entrevista ao mesmo Estadão, onde tratou de minimizar as cobranças de Felipão valorizando o elenco atual, e pra variar, chorando muito…

“Temos um bom conjunto, mas com deficiências em algumas posições e vamos tentar melhorar isso. Outros times também estão atrás e você pode ver que não estão conseguindo grandes contratações. Não é fácil. O Felipão apresentou uma lista de 12 nomes, mas ela já mudou bastante por causa das dificuldades”, disse o presidente.

“Não é difícil contratar, é difícil acertar a peça que precisamos. Temos um elenco bom, por isso não serve qualquer um. O que precisamos é de jogador que venha para assumir responsabilidades.”, completou o perdido Tirone.

Na sexta-feira, o sempre simpático e querido César Sampaio também falou (com certa tristeza) sobre as dificuldades para trazer reforços, o mercado inflacionado, o elenco qualificado que temos, etc, etc, etc…

Ou seja, continuamos na estaca zero. A cobrança pública de Felipão não foi sequer capaz de mudar o discurso ridículo do presidente Tirone, que ainda teve a cara de pau de dizer (pela primeira vez) que é a favor das eleições diretas, e que seria eleito mesmo com o voto dos sócios.

Feliz Natal e um ótimo 2013 a todos!