E a despedida do Marcão, como será?

Por Flavio Canuto

O assunto do dia é a despedida do Ronaldo com a camisa da Seleção. As opiniões são, em sua esmagadora maioria, negativas sobre a festa organizada pela ridícula CBF.

Apesar de não gostar dele, concordo que Ronaldo foi mesmo um dos maiores jogadores da história da Seleção Brasileira, e merecia uma algo decente.

Para quem não sabe, São Marcos deve se aposentar no final desta temporada, e merece ainda mais que o Ronaldo uma despedida histórica.

Digo isso não apenas porque sou palmeirense, mas sim porque Marcos é um dos jogadores mais queridos da história do futebol brasileiro.

Poucos jogadores têm a sua história tão identificada com a camisa de um clube, e mesmo assim conseguem ser aplaudidos e idolatrados até por torcedores rivais.

Lembro-me de um Derby recente no qual Marcos distribuiu autógrafos a corintianos mirins nos vestiários do Pacaembu!!!

Não consigo imaginar outro atleta hoje capaz de algo do tipo, e ainda com tantas conquistas em seu currículo.

Fica a dica: se for para fazer uma festa qualquer, sem brilho, é melhor não fazer nada para São Marcos.

Não espero nada de bom da CBF, mas creio que o Palmeiras (e a sua torcida) podem fazer algo inesquecível para um dos seus maiores ídolos. Espero estar certo.

Abraço a todos!