Dudu pede paciência ao torcedor palmeirense

O torcedor palmeirense acordou com a cabeça quente nesta segunda-feira, depois da derrota para o Ituano por 1 a 0, no Novelli Jr.

Escalado do lado direito do ataque e também para falar hoje na Academia de futebol, o atacante Dudu parecia bem irritado com a situação, mas pediu calma.

“Viemos de um título brasileiro, com o time jogando bem e jogadores na seleção do campeonato. A torcida se apega muito a isso. Eles têm de ter paciência com o Eduardo. É um excelente treinador, não está no Palmeiras à toa. Não é uma derrota que vai abalar o trabalho dele” disse o atacante.

Questionado sobre o novo esquema tático, Dudu foi sincero ao reconhecer que o esquema antigo era mais tranquilo para ele.

“Se for perguntar por mim, preferia continuar como ganhou. Mas sabemos que é outra filosofia, outra comissão, eles chegam implantando a filosofia deles. Cabe a nós jogadores nos adaptarmos para ajudarmos eles, e eles nos ajudarem também” comentou o pequeno gigante.

Sim, toda mudança exige adaptação. Toda adaptação leva tempo e o torcedor não terá paciência para isso principalmente porque Eduardo Baptista não é um treinador cascudo. Sua “margem de erro” é muito pequena e ele sabe disso.

Abraço a todos!