Diretoria se pronuncia sobre interferência externa na arbitragem

O técnico Cuca deveria falar com a imprensa hoje. Sexta-feira é o tradicional dia da entrevista coletiva do treinador do Verdão, mas hoje foi um pouco diferente.

O presidente Paulo Nobre e o diretor Alexandre Mattos foram à imprensa falar sobre o absurdo que aconteceu ontem em Volta Redonda onde, com interferência externa sobre a arbitragem, o Flamengo venceu o Fluminense por 2 a 1.

“Foram 13 minutos de conversa que poderia durar 30 segundos. Reunião de condomínio dentro de campo? Isso foi uma balbúrdia! E aí ele anula. Estou com 48 anos, acompanho futebol há pelo menos 40. Em 40 anos, nunca vi nada parecido. Não sei se os senhores já viram. Pega muito mal isso. Coloca em questão a credibilidade do campeonato. Estamos trabalhando muito duro para conquistar esse campeonato”, disse Paulo Nobre.

“Acredito que foi tão escandaloso o que aconteceu ontem, por isso estamos nos manifestando para a coletividade palmeirense. Acho que o Brasil todo ficou indignado ontem. Espero que episódios como o de ontem não voltem a acontecer, que tenham vergonha na cara e joguem futebol dentro de campo”, completou o dirigente do Verdão.

O diretor de futebol Alexandre Mattos também falou sobre o assunto, logo depois do presidente.

“O Palmeiras não está aqui reclamando de arbitragem. Quando reclamamos, fomos à CBF. A reclamação é de interferência externa. De ontem para hoje, recebi ligações de times que vão enfrentar o Flamengo e estão preocupados. A pressão tem afetado os clubes e a própria arbitragem”, disse Mattos.

Depois da entrevista, um tal Antonio Tabet, dirigente do Flamengo, ofendeu o presidente do Palmeiras em uma rede social e só piorou uma situação que já estava complicada entre as duas diretorias.

Bem, o Palmeiras não entrou em campo em Volta Redonda. Só mesmo o Fluminense pode entrar na Justiça Desportiva para tentar anular a partida, mas isso é muito pouco provável que aconteça.

Pelo menos, o presidente denunciou publicamente a pressão gigantesca que é feita pelo clube carioca sobre as arbitragens e sobre a interferência ILEGAL que ocorreu na partida e que deu dois pontos para o Flamengo.

Abraço a todos!