Direitos de transmissão do Brasileirão – 4ª. parte: “Cotas e premiações”

Bom dia, boa tarde e boa noite amigos do Mondo.

Neste post, trataremos das cotas de transmissão dos campeonatos que o Palmeiras disputará em 2019.

Brasileirão

Como exposto nos três posts anteriores, até a data de hoje, o Palmeiras não renovou contrato com a Globo para a transmissões de suas partidas na TV Aberta e no PPV.

Caso não renove com a vênus platinada, o Verdão receberá R$ 34,5 milhões de garantia mínima da Turner.

Para que os canais Space e TNT da Turner transmita as partidas contra Santos, Internacional, Atlhetico PR, Bahia, Ceará e Fortaleza, o Palmeiras estima receber (informação do orçamento de 2019) R$ 57,5 milhões.

Decampeão em 2018, o Palmeiras recebeu R$ 18,7 milhões com prêmio da CBF – Confederação Brasileira de Futebol.

Copa do Brasil

Neste torneio, quem negocia a venda dos direitos de transmissão é a CBF. Então o valor que cada equipe recebe é o somatório do prêmio por colocação mais o valor dos direitos de transmissão.

Na renovação do contrato com a Globo, em 2018, a CBF conseguiu um excelente reajuste dos valores. Desta maneira, o prêmio para o campeão de 2017, saltou de R$ 13,3 milhões para R$ 61,9 milhões (22% do valor destinado aos clubes) em 2018.

Aqui uma ressalva, um erro grave cometido por muitas pessoas, principalmente os profissionais da imprensa, é comparar a premiação do campeão brasileiro com a premiação do campeão da Copa do Brasil.

Enquanto na Copa do Brasil, a cota dos clubes depende exclusivamente da premiação, no brasileirão apenas uma parte, a partir de 2019, será paga com base no desempenho.

Para 2019, os R$ 291 milhões serão repartidos da seguinte forma:

Fase da Copa do Brasil Grupo I em R$ Grupo II em R$ Grupo II em R$
1ª Fase (80 clubes)   1.050.000,00         920.000,00         525.000,00
2ª Fase (40 clubes)   1.250.000,00         990.000,00         625.000,00
3ª Fase (20 clubes)   1.450.000,00     1.450.000,00     1.450.000,00
4ª Fase (10 clubes)   1.900.000,00     1.900.000,00     1.900.000,00
5ª Fase (16 clubes)   2.500.000,00     2.500.000,00     2.500.000,00
6ª Fase (8 clubes)   3.150.000,00     3.150.000,00     3.150.000,00
7ª Fase (semifinais)   6.700.000,00     6.700.000,00     6.700.000,00
Vice-campeão 21.000.000,00   21.000.000,00   21.000.000,00
Campeão 52.000.000,00   52.000.000,00   52.000.000,00

Grupo 1 (7 times) – clubes entre os 15 primeiros colocados no Ranking da CBF (Santos = 4º, SCCP = 5º, Chapecoense = 10º, Botafogo = 11º, Fluminense = 13º, Vasco = 14º e Bahia = 15º).

Grupo 2 (4 times) – clubes da Série A abaixo do Top 15 no Ranking da CBF (Avaí = 21º, Ceará = 23º, Goiás = 24º e CSA = 45º).

Grupo 3 (69 times) – clubes inscritos na 1ª fase que estão abaixo do Top 15 no Ranking da CBF e fora da elite em 2019.

Obs. 11 clubes estreiam na 5ª fase ou oitavas. São os oito representantes na Libertadores: Palmeiras, Atlético-MG, Atlhetico PR, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Inter e São Paulo, os campeões da Copa do Nordeste = Sampaio, da Copa Verde = Paysandu e da Série B = Fortaleza. Esses times não têm direito às cotas das fases anteriores.

Como estrearemos na 5ª. fase, em caso da conquista do tetracampeonato, o Verdão receberá R$ 63,35 milhões:

Fase da Copa do Brasil Valor em R$
5ª Fase (16 clubes) 2.500.000,00
6ª Fase (8 clubes) 3.150.000,00
7ª Fase (semifinais) 6.700.000,00
Campeão 52.000.000,00
Total 64.350.000,00

 

A título de comparação em 2018, nas Copas da Europa, os prêmios nos principais países foram:

País Campeão Valor em $ Valor em R$
Inglaterra Arsenal   5.700.000,00 24.200.000,00
Itália Juventus 11.000.000,00 46.750.000,00
Espanha Barcelona   8.000.000,00 34.000.000,00

 

Outra grande diferença entre a Copa do Brasil e as Copas da Europa. No Brasil, o campeão vai disputar a Copa Libertadores, enquanto que os campeões das copas europeias disputam a Euro League, a segunda divisão futebolística do velho continente.

 

Copa Libertadores

O goleiro Fernando Prass, da SE Palmeiras, comemora defesa de penalti em jogo contra a equipe do Junior Barranquilla, durante partida válida pela sexta rodada, fase de grupos, da Copa Libertadores, na Arena Allianz Parque.

Para o período de 2019 a 2022, a Conmebol vendeu por US$ 1,4 bilhões (cerca de R$ 5,25 bilhões) os direitos de transmissão, somadas todas as emissoras de TV (no Brasil, os jogos serão transmitidos pela Globo, SporTV e Fox) mais o Facebook (a grande novidade deste contrato).

A partida entre Melgar do Peru e Palmeiras, marcada para o dia 25/04, será transmitida exclusivamente pelo Facebook.

Em 2019, a premiação destinada aos clubes é de US$ 161 milhões (aproximadamente R$ 603,75 milhões). Como na Copa do Brasil, cada equipe recebe é o somatório do prêmio por colocação mais o valor dos direitos de transmissão.

Fase da Libertadores

Valor por

fase em US$

Valor por

fase em R$

1ª Fase (pré)        350.000,00   1.320.000,00
2ª Fase (pré)        500.000,00   1.890.000,00
3ª Fase (pré)        550.000,00   2.080.000,00
Fase de grupos    3.000.000,00 11.340.000,00
Oitavas de final    1.050.000,00   3.970.000,00
Quartas de final    1.200.000,00   4.530.000,00
Semifinal    1.750.000,00   6.610.000,00
Vice-campeão    6.000.000,00 22.690.000,00
Campeão  12.000.000,00 45.380.000,00

 

A cota acumulada para o campeão, que entrar na fase de grupos, será US$ 20 milhões.

Campeonato Paulista

Esse é outro campeonato onde cada equipe recebe é o somatório do prêmio por colocação mais o valor dos direitos de transmissão.

Com 44,2 milhões de telespectadores (22% do total de 200,9 milhões de telespectadores potenciais) e maior renda per capita do país, o estado de São Paulo é o maior mercado brasileiro, números importantes para atrair anunciantes.

Por esses motivos, em 2019, a Globo pagou R$ 111 milhões de cotas fixas e mais R$ 11,79 milhões de cota variável (condicionada aos números do PPV) pelo campeonato.

A divisão das cotas para os quatro grandes da capital é a seguinte:

Palmeiras, SCCP, SPFC, Santos = R$ 17 milhões para cada time (No orçamento de 2019, o Palmeiras estimou o valor de R$ 21,487 milhões).

O campeão paulista de 2019 irá receber R$ 5 milhões de prêmio da FPF.