Depois de Prass, Vilson passa por cirurgia e fica fora um mês

Parece que o fantasma do DM voltou a rondar o time do Palmeiras. Como se não bastasse Fernando Prass por conta de uma lesão na clavícula, agora o zagueiro Vilson passou por cirurgia no joelho esquerdo e fica fora por pelo menos um mês.

Com o problema, Vilson está fora do Campeonato Paulista e das oitavas de final da Copa Libertadores. Se o Verdão avançar no torneio continental, ele será desfalque também nas quartas de final.

Já Fernando Prass fica fora de 6 a 8 semanas devido a um choque com um jogador do Ituano. O goleiro chegou a dizer que o jogador ao foi na maldade, mas foi imprudente.

Pelo tempo estimado para recuperação, Prass não joga mais no Campeonato Paulista. Na Libertadores, ele voltaria, na melhor das hipóteses, nas semifinais. Certo mesmo só nas primeiras rodadas da Série B.

Assim, desacreditado, Bruno ganha a vaga de titular para os jogos mais importantes do Palmeiras na temporada. E, apesar das duas falhas no domingo, o discurso dentro do clube é de confiança. Os dirigentes, inclusive, já avisaram que não irão em busca de outro jogador da posição.

Ficam três perguntas: Por que o Departamento médico do Palmeiras nunca fica vazio? Bruno já segurou a barra na Copa do Brasil, mas será que ele recupera a confiança e segura a bronca na Libertadores e no Paulistão? Valdivia e Kleber já estão a disposição para jogar, eles tem espaço no time?