Deola está preparado para substituir Marcos

Por Flavio Canuto

São Marcos é único. Um gênio debaixo das traves, um dos maiores da história do futebol brasileiro, e no coração do torcedor palmeirense é insubstituível.

O santo se aposentou, mas a vida continua e o Palmeiras precisa de um goleiro. Deola não entrou numa fria já que, por conta das contusões de Marcos, defende a meta do Palmeiras há um bom tempo.

Agora, sem a sombra do ídolo, vai ter que segurar essa encrenca praticamente sozinho, mas não parece muito preocupado.

“Até agora não parei para pensar se muda alguma coisa, acho que não muda nada, há dois anos tenho uma boa sequência, com mais de 70 jogos pelo clube. Eu já era útil para o grupo. Continua assim, a responsabilidade é a mesma do ano passado, defender o Palmeiras e tentar fazer o melhor possível. Se eu começar a pensar que vai ser diferente, vai ser uma pressão desnecessária.”, disse Deola.

Seria injusto demais comparar Deola a Marcos, isso não faz sentido. Acho ele um ótimo goleiro, mas está longe de ser uma unanimidade entre a exigente torcida palmeirense.

E agora, com a volta de Bruno, que estava emprestado à Lusa, Deola vai ter que provar a cada rodada que tem qualidade para continuar como goleiro titular do Palmeiras.

Abraço a todos!

*****

Impagável a entrevista do árbitro carioca Gutemberg de Paula Fonseca a uma radio paulistana.

Quem ainda não acredita na influência de Andrés Sanches na CBF e acha que reclamar sobre arbitragem é “choradeira” deveria ouvir agora, clique aqui.