De virada, Palmeiras bate o São Caetano e respira na liderança

Não importa, o São Caetano é um time chato. Mas, as palavrinhas magicas de Gilson Kleina no intervalo fizeram o Verdão virar a partida e 15 minutos e levar mais uma vitoria pra casa. 2 a 1 de virada e com dois golaços.

O primeiro tempo começou dificil. Mesmo com a torcida maior e o time melhor, o Verdão não ia bem. A falta de ‘estabilidade’ no posicionamento do time do Palmeiras prejudicou o time. Com um volante a menos, os laterais saiam demais e e a zaga batia cabeça lá trás.

Assim, o São Caetano que jogava por um erro do Palmeiras, aproveitou. Ao todo foram cinco boas oportunidades contra duas do Palmeiras. Até que aos 22 minutos, na falha de Vilson, Geovanne tabelou com Giancarlo e mandou pro fundo do gol.

A zaga continuou trocando farpas com a lateral e o Palmeiras não conseguiua empatar.

Na volta do segundo tempo, o Verdão acordou. Aos 3 minutos, quase que Juninho marca.

E aos 10 minutos, o Palmeiras reagiu. E reagiu com uma pintura. Alan Kardec driblou meio time do São Caetano e empatou o jogo. Kardec agora tem 4 gols em 5 jogos. Tá brilhando.

Não precisou de 5 minutos pra virada. Aos 15 minutos, cobrança de escanteio de Mendieta e Henrique de voleio colocou a bola no fundo do gol. 2 a 1!

Cinco minutos depois a pressão continuou. Até gol impedido (corretamente) de Ananias teve.

Marcelo Oliveira entrou no lugar do Ananias. Um pouco depois, Felipe Menezes estreou e entrou no lugar de Mendieta. Mas a partida continuou na mesma.

Aos 47 minutos, Fernando Prass ainda fez uma boa defesa.

Agora o Palmeiras encara o Paraná Clube no sábado, as 16h20.