Cuca quis sair. Eduardo Baptista vem aí…

Eu acreditava que a diretoria apostasse num dos “de sempre”. Muita gente preferia que o Alberto Valentim (que já pediu as contas) assumisse a equipe pelo menos durante o Paulistão. Nenhuma das duas coisas aconteceu.

A diretoria deve apostar no competente Eduardo Baptista, que comandou a Ponte Preta no Brasileirão deste ano.

Com apenas 46 anos, Eduardo fez um ótimo trabalho no comando do Sport, onde trabalhava como preparador físico. Ele se perdeu ao deixar o time pernambucano no ano passado para assumir um bagunçado Fluminense, de onde foi demitido poucos meses depois.

Na Ponte Preta, Eduardo voltou a fazer um bom trabalho ao manter a Ponte Preta entre os primeiros colocados do Brasileirão por quase um turno. Mesmo com a queda de rendimento dos últimos meses, o time de Campinas fez a sua melhor campanha no Campeonato Brasileiro de pontos corridos.

eduardo_baptista_flu

Suas equipes costumam ser bem organizadas taticamente, sempre com muita velocidade e marcação forte. Times encardidos, como costumam dizer por aí. Encardido? É justamente isso que o futebol moderno exige e Eduardo é muito mais antenado que os “de sempre” que teimam em times por aí.

Claro que comandar o Palmeiras é muito mais difícil que dirigir o Sport, Fluminense ou Ponte Preta.  Não dá pra negar isso. Este vai ser o primeiro grande desafio da carreira do Eduardo, mas ele tem competência para isso.

Nesta sexta-feira, tem “Bate papo entre amigos” e vamos falar muito mais sobre o treinador, que ainda precisa ser confirmado pela diretoria.

Seja bem vindo, Eduardo!

Abraço a todos!