Cuca “faixa” treina na Academia de futebol

O Palmeiras cedeu um campo da Academia de futebol ao Botafogo, e no final do treino de terça-feira, o técnico Cuca recebeu a visita do gerente de futebol (e meu ídolo), Toninho Cecílio. Os dois tem ótimo relacionamento desde que atuaram juntos no próprio Verdão, em 1992.

“Sou muito amigo do Toninho, do Cipullo, vice-presidente de futebol e do Luxemburgo. São pessoas de caráter e extremo profissionalismo. Fico feliz em ver que a estrutura da Academia está num nível altíssimo e agradeço pela receptividade de todos”, afirmou o treinador do time carioca.

Cuca “faixa” disputou poucos jogos pelo Palmeiras durante o ano de 1992: 24. O que ficou marcado naquela época, no entanto, é que o então camisa 8 comemorava seus gols fazendo um gesto com as mãos de uma faixa sendo colocada no peito.

A comemoração virou mania entre os palmeirenses, que repetiram o ato em cada um dos 7 gols marcados pelo ex-atleta com a camisa do clube.

No entanto, o time só saiu da fila no ano seguinte, mais precisamente no dia 12 de junho de 1993.

************

Não tenho nada a declarar sobre o que ocorreu na eleição dos conselheiros vitalícios do Palmeiras, na última segunda. Tudo o que você precisa saber foi escrito pelo nosso amigo Conrado Cacace, no Parmerista. Confiram agora e abram o olho!

************

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.