Contra o River Plate, Palmeiras volta a Libertadores

Libertadores é obsessão? Não para mim. Trata-se de um campeonato importante por conta do interesse dos nossos principais nessa competição bagunçada que pode nos dar uma vaga para o Mundial de Clubes da FIFA, que parece mais uma Copa das Confederações.

Com 32 clubes, a Libertadores tem clubes que não poderiam disputar nem Série A1 do Campeonato Paulista de tão fracos. Em alguns estádios, você pode entrar com um garrafa de cerveja de litro e acertar o lateral quando ele for bater um escanteio.

A arbitragem da competição sul-americana, por incrível que pareça, é ainda pior do que a que temos aqui nas competições brasileiras. Quem ainda não se lembra do Sr.Ubaldo Aquino naquele lixão que chamam de La Bombonera?

Ainda assim, a Libertadores é o título que todos querem conquistar. Participar do torneio da FIFA e encarar um grande clube europeu também é um “sonho do consumo” do torcedor palmeirense.

Essa busca pelo título começa hoje, em Maldonado, contra o River Plate do Uruguai. A ideia de todos no Palmeiras é desligar a chavinha do Paulistão e mostrar que o time pode mostrar um futebol convincente.

Mesmo diante de tantos questionamentos, o técnico Marcelo Oliveira irá apostar na mesma formação que se enroscou nas partidas do Paulistão. Muitas peças deveriam ser substituídas, mas isso não deve acontecer tão cedo.

Temos que torcer é que aquele espírito de “mata-mata” que vimos na Copa do Brasil surja novamente e que os talentos individuais voltem a brilhar.

O provável time que vai a campo é o seguinte: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Arouca, Jean e Robinho; Dudu, Gabriel Jesus  e Lucas Barrios.

O melhor pós-jogo de River Plate x Palmeiras você acompanha aqui no Clube Mondo Verde.

Abraço a todos!