Contra o River Plate, Palmeiras decide o seu futuro na Libertadores

 

Libertadores é obsessão? Para mim, é mais uma competição que o Palmeiras nesta temporada e que temos que lutar até quando for possível para nos manter vivos na disputa.

Infelizmente, isso não depende apenas do Palmeiras ou do torcedor palmeirense. Claro que a torcida vai comparecer em bom número ao Allianz Parque e vai incentivar desde o primeiro minuto para que o Palmeiras consiga marcar os três gols necessários (ou mais) para bater o Rosario Central no saldo de gols.

Ainda assim, precisamos torcer também para que um desfalcado Nacional vença o time argentino em Montevidéu. 1×0 já é o bastante e espero que uma “mala branca” cheia de zeros tenha chegado também ao país vizinho.

O técnico Cuca ajusta a sua equipe de acordo com o adversário, portanto é difícil prever quem vai a campo hoje. Sabemos de antemão quem estará no banco de reservas: o meia Cleiton Xavier, que costuma brilhar em jogos decisivos; e o atacante Dudu, que foi liberado pelo DM e deve entrar no decorrer da partida.

Infelizmente não poderemos contar com o Gabriel Jesus, que está em ótima fase, mas cumpre suspensão automática. Os veteranos Zé Roberto e Edu Dracena também ficarão de fora desta partida, ambos serão poupados pois não estão bem fisicamente.

Quem perdeu espaço com o novo treinador do Verdão foi o “atacante” Rafael Marques e o volante Thiago Santos. Provavelmente ambos devem ser cortados até mesmo do banco de reservas hoje.

Fora isso, acredito que o time seja bem parecido com aquele que atuou nas últimas partidas: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel e Arouca; Robinho, Alecsandro (Erik) e Allione; Barrios.

O melhor pós-jogo de Palmeiras x River Plate você acompanha aqui no Clube Mondo Verde.

Abraço a todos!