Para o duelo contra o Grêmio, Prass não vê o Pacaembu como problema

Escalado para falar com a imprensa logo depois da derrota no clássico deste domingo, o goleiro Fernando Prass (melhor jogador da partida) não escapou também de falar sobre a sequência de erros que derrubou o Palmeiras naquele maldito gol do PC Ganso:

“Se for para analisar o lance com muito critério, você vê que tiveram uns quatro ou cinco erros. Nossos e da arbitragem. Erros nossos que foram se acumulando e resultaram no lance final. Todo mundo erra. Sabemos que vão errar lá na frente e eu vou errar lá atrás”, disse Prass.

Fernando Prass também falou sobre o próximo jogo, contra o líder do campeonato, o Grêmio.

“O ideal, óbvio, era jogar no Allianz. Nosso aproveitamento é ótimo, seis gols, nenhum sofrido. Mas eu olho sempre o lado positivo. Vamos jogar no Pacaembu, é um estádio em que o Palmeiras está acostumado a jogar. Se tem as desvantagens, tem a vantagem de encontrar um campo em perfeitas condições, pouquíssimo usado. Se perdemos de um lado, eu prefiro olhar os pontos positivos”, completou o goleiro palmeirense.

Pois é, foi uma sequência de erros que originou aquele gol do Ganso, que derrubou o Verdão quando o time estava muito melhor em campo. Se todos jogassem como o Prass, o Palmeiras não perderia o jogo.

Sobre o Allianz Parque, Fernando Prass confirmou de forma discreta que o gramado do Allianz Parque é uma porcaria, graças ao descaso do construtora que administra o estádio.

Abraço a todos!