Conheça o grupo do Palmeiras na Libertadores 2013

barcos_gazetapress

A sorte está lançada, como diriam os antigos. Após o sorteio feito pela Confederação Sulamericana nesta sexta-feira (21), já estão definidos os grupos da Taça Libertadores da América para a sua edição 2013, da qual participaremos após quatro anos longe do maior campeonato do continente.

No grupo 2, que inclui o Verdão, teremos como adversários o Sporting Cristal, do Peru, o Libertad, do Paraguai, e o vencedor da disputa, na apelidada “pré-Libertadores”, entre Tigre, da Argentina, e Deportivo Anzoategui, da Venezuela. Serão seis jogos, sendo três em casa e três fora.

Na teoria, ou em condições normais, não se trataria de um grupo tão difícil, pois não inclui agremiações mais tradicionais do futebol sulamericano. Os times do Peru e do Paraguai costumam ser meros coadjuvantes nesse tipo de competição. Duas equipes se classificam para a próxima fase do torneio.

São dois os grandes problemas para nós, na verdade. O primeiro é o fato de que, fora alguma zebra, teremos de enfrentar o glorioso Tigre. Seremos a primeira equipe brasileira a enfrentá-los, após a bagunça entre eles e o São Paulo na final da Copa Sulamericana 2012. Poderemos pagar o pato pelo que não fizemos, em termos de má recepção e muita, mas muita catimba mesmo, no jogo na Argentina.

O outro problema é óbvio. Com o “planejamento” de Dom Pituquinha e Dom Zé Dos Beirutes, não teremos um elenco à altura dessa competição, o que torna qualquer adversário mais temível do que deveria. Nós seremos o nosso principal adversário nessa competição.

Quem assumir o comando do Palmeiras a partir do dia 21 de janeiro (daqui a precisamente um mês) precisará tirar coelhos e mais coelhos de sua cartola para poder nos livrar de um vexame histórico nessa competição. E será cobrado por isso, podem ter certeza. Como diria o poeta, seja o que Deus quiser!