Confira a (quase) entrevista com o candidato Paulo Nobre

Os sócios do Clube Mondo Verde já estão habituados a acompanhar aqui as entrevistas dos candidatos à presidência do Palmeiras.

No mês passado, ouvimos Wlademir Pescarmona e esperávamos entrevistar também o atual presidente Paulo Nobre, que é candidato a reeleição.

Recebemos muitas perguntas para o mandatário, que é o favorito para vencer as eleições do próximo sábado.

Ao contrário do que aconteceu antes de assumir o cargo, sua assessoria de imprensa desta vez não permitiu que a entrevista fosse concedida ao Clube Mondo Verde.

Fomos convidados a uma coletiva de imprensa, mas isso não seria o suficiente para passar as perguntas dos torcedores da mesma forma como fizemos com o candidato da oposição.


survey tools

Pessoalmente, não desejo fazer nenhuma pergunta ao presidente, mas gostaria muito que ele respondesse aos questionamentos de quem realmente sustenta o clube e ostenta as cores do combalido Palmeiras no dia-a-dia.

É justamente esse o diferencial das entrevistas feitas pelo Mondo Verde em relação a outros órgãos de mídia. Aqui, quem faz as perguntas são os próprios torcedores através de outros palmeirenses. Sem filtro.

Enfim, é por conta de atitudes como esta é que sigo acreditando que dentro do Palmeiras só lembram da torcida na hora de pagar as contas do clube.

Confira abaixo algumas das perguntas que seriam feitas ao presidente Paulo Nobre, caso a entrevista tivesse sido realizada:

Já vimos que você não tem a menor capacidade para ser presidente da SEP, então pq à reeleição? Pq você não tomou a mesma atitude do Tirone que percebeu isso e abriu mão da reeleição? 

Marcelo Cotrim, Maringá-PR

 

Na primeira entrevista você disse que o Palmeiras foi rebaixado moralmente em 2006 e isso não poderia mais acontecer. Analisando a situação do time no campeonato, você não concorda que já está acontecendo novamente?

Paulo Marques, Itu-SP

 

Considerando que os resultados demonstram que, aparentemente, o senhor não entende nada de futebol (como, aliás, 99% dos dirigentes do Palmeiras), o senhor pretende colocar um verdadeiro profissional para comandar o futebol do Palmeiras?

Carlos Alberto, Belo Horizonte-SP

 

Sr. Paulo Nobre, o senhor afirma que os torcedores devem ser avanti por inumeras vantagens, entre elas a compra antecipada de ingressos. Entretanto na primeira oportunidade, que foi a estréia do time no Allianz Parque, a regra para compra de ingressos mudou privilegiando os sócios do clube. Qual a garantia de que as regras do Avanti serão cumpridas sem modificações?

Rodrigo Pimenta, Maringá-PR

 

Vamos montar um time com jogadores de nível próximo ano ou você julga que ainda não temos dinheiro para isso?

Pedro Camargo, Campinas-SP

 

Qual a vantagem de manter um elenco repleto de jogadores “medianos” que praticamente não atuam e recebem um bom salário? Não seria mais inteligente manter um jogador diferenciado, que jogue sempre e decida jogos recebendo um salário elevado?

A respeito do clube social, farei uma pergunta que também foi feita ao candidato Pescarmona. O clube social se mantém com suas próprias fontes de renda ou é necessário renda do futebol para mante-lo?

Ricardo Fontes, Mogi Mirim-SP

 

Paulo Nobre, porque você em todas as entrevistas termina pedindo o apoio do tocedor, aquele que compra ingresso, usa os produtos licenciados do time de futebol, paga o Avanti, e na hora de abrir o estádio diz que nos 2 primeiros jogos a prioridade é dos sócios do maldito clube social? Você sabe que está sendo incoerente concorda?

Ewerton Monteiro, São Paulo-SP

 

Até quando seremos prejudicados descaradamente pelas arbitragens? Vamos continuar sem falar nada. Juízes fazem o que querem e a diretoria não faz nada pra afastar esses juízes, bandeirinhas 4º árbitros etc.

Edinei Ferreira, Rio de Janeiro-RJ

 

Como você avalia a atuação do seu braço direito REMUNERADO, o Sr. Brunoro? Por qual motivo ele permaneceu até o fim do seu mandato mesmo tendo cometido erros intoleráveis em qualquer empresa.

Rafael Franco, São José do Rio Preto-SP