Como foi a chegada do Matías Viña?

Sério e com cara de jogador experiente. Foi isso que deu para perceber do jovem Matías Viña, jogador uruguaio que chega para ser titular na ala esquerda do Verdão. 

Apesar da tímida apresentação do diretor de futebol do Palmeiras, o lateral-esquerdo foi recepcionado pelo Felipe Melo, que lembrou a frase da sua primeira coletiva (dar tapa na cara de uruguaio). Foi uma sacada legal. 

O jogador foi questionado mais de uma vez sobre o porquê da sua passagem pelo Palmeiras. O atleta tinha outras propostas de clubes europeus, mas optou pelo Palmeiras. Ele falou sobre isso. 

 “Pensando em minha posição, eu acredito que seria melhor eu estar aqui no Brasil. Obviamente que o clube também me motivou, o Palmeiras é um grande clube. Mas, pela dinâmica do futebol brasileiro, seria melhor estar aqui e desfrutar de tudo”, disse o Matías.

É uma contratação que tem tudo para dar certo, pelo menos por algum tempo. É um jogador que tem mercado na Europa e pode render muito ao Palmeiras. 

Boa sorte, Matías!