Com um centroavante de ofício no elenco tudo seria diferente

Por muito pouco, o Palmeiras quase conseguiu a sua terceira vitória consecutiva nesta temporada. O time sofreu com a arbitragem ruim, mas apresentou um bom futebol contra o Sport neste domingo, no Allianz Parque. 

Se tivesse conquistado três pontos, o Palmeiras estaria na vice-liderança da competição

Faltou um centroavante. O Bigode é um bom atacante, embora esteja numa fase ruim, mas não é um homem de área. Não tem porte e nem cacoete de centroavante. Se o Luxemburgo insistir no Bigode pelo meio, ele vai acabar queimando de vez o jogador que é peça importante do elenco. 

Graças a Deus que o Luiz Adriano volta ao time já nesta quarta-feira, contra o Bolívar, no nosso retorno à Copa Libertadores. Porém, com tantos jogos e viagens longas, não dá pra contar com ele sempre. Infelizmente, ele vai sofrer outros problemas físicos e não teremos nenhum substituto para esta posição. 

Aliás, desde a (festejada) saída do Deyverson, a diretoria não contratou um centroavante de ofício para a vaga dele. O resultado desta inércia, vimos neste domingo. E veremos em outras ocasiões. 

Abraço a todos!