Com pressão, Palmeiras vence o Atlético-PR

O Palmeiras sofreu uma pressão desnecessária, mas garantiu a vitoria por 1 a 0 em casa contra o Atlético-PR. Agora é buscar a vitoria ou um empate no Durval Britto para seguir pra próxima fase.

Para essa partida, Kleina tinha duas escolhas ou atacar e tentar abrir ainda mais a vantagem ou segurar o resultado. Escolheu a segunda. A pressão foi grande, principalmente porque o gol saiu aos três minutos do primeiro tempo, mas o Verdão aguentou.

O jogo

Logo aos dois minutos, Charles soltou uma bomba. No minuto seguinte, Mendieta bateu escanteio e Vilson cabeceou. 1 a 0 Palmeiras.

Perto dos 20 minutos, o Atlético teve duas grandes chances. Uma com Marcelo (bom jogador) que viu Prass defender muito bem. Um dos pontos de sorte do Palmeiras nesta noite foi a falta de pontaria dos jogadores do Atlético.

O segundo tempo veio com mais pressão. E o Palmeiras perdia a bola o tempo todo no meio de campo, o que facilitava. Aos 19 minutos, foi um haja coração. Édeson chutou pra fora e depois Dellatorre que perdeu uma chance claríssima.

Diante da pressão, Kleina colocou Ronny no lugar de Juninho e Eguren no lugar de Charles. E o uruguaio entrou querendo a bola.

No finzinho, Mendieta até tentou, mas ficou no 1 a 0 mesmo.

Aguardando definição em Curitiba.