Cipullo fala a verdade sobre salários e Ronaldinho Gaúcho

O vice-presidente de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo, afirmou que em nenhum momento a diretoria se sentiu desprestigiada com o fato de ter atrasado os salários dos atletas em alguns dias.”Achei que o caso tomou uma proporção muito maior do que deveria.

Ninguém quer atrasar salários, mas fomos bem transparentes quando colocamos o surgimento dos problemas e, assim como aconteceu em 2007, honramos com nossas obrigações. Estávamos seguros internamente, e o elenco bastante tranqüilo. Não nos envergonhamos dos nossos atos, pois sempre tivemos consciência dos desafios quando assumimos o clube e estamos dia após dia colocando a casa em ordem. E temos conseguido”.

Cipullo destacou que desde o início da gestão Affonso Della Monica, em 2005, o clube passou a se modernizar, com a restauração de todo o clube social, da reestruturação da Academia de Futebol, através da aquisição de aparelhagem moderna, e dos reforços obtidos pelo departamento futebol para a composição de seu elenco. “A política do bom e do barato, que por muito tempo ficou instalada no clube, apequenou e encolheu o Palmeiras. Hoje somos respeitados pelas atitudes que tomamos e por aquilo que é feito dentro de campo”.

O dirigente palmeirense comentou que o Verdão estuda a contratação de reforços para a seqüência do Campeonato Brasileiro, “Sempre estamos ligados no que acontece e, mesmo sabendo que o nosso elenco é forte e preparado para disputar o título, estudamos a vinda de outros atletas”. Por outro lado, pregou pés no chão e negou o nome de Ronaldinho Gaúcho, que chegou a ser cogitado nos últimos dias. “Isso nunca existiu por aqui. É claro que, se perguntassem se eu o aceitaria ele, a resposta seria sim. Estrutura e condições de recebê-lo, nós temos.

Mas acho inviável que algum clube brasileiro tenha condições de tê-lo nesse momento. O próprio irmão e empresário dele (Assis) deixou claro que a intenção é a permanência dele na Europa”.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa Palmeiras

E agora, seo Neto, vai enfiar a cara onde? Continuará inventando boatos para tumultuar o Palmeiras? Ou vai aprender a checar as suas fontes antes de soltar esse tipo de “informação” em uma tevê em rede nacional?