Choque-rei: Palmeiras esquece a Libertadores para o clássico

Todo mundo sabe que a prioridade do Palmeiras para esta temporada é a Copa Libertadores, mas todo mundo se esquece disso quando chega a hora de encarar um clássico. Ninguém quer perder!

Se o adversário de hoje fosse um time qualquer, o Palmeiras possivelmente usaria um time misto, pois temos um jogo teoricamente mais importante na quarta-feira, contra o Jorge Wilstermann, no mesmo Allianz Parque.

Esqueça isso, a comissão técnica vai poupar apenas o zagueiro Edu Dracena e o lateral/volante/meia Zé Roberto. Os veteranos assistirão a partida no sofá de casa e darão espaço para Egídio e Alejandro Guerra. Será que hoje o venezuelano desencanta?

Claro que o ótimo Keno segue no time titular, assim como o baladado Miguel Borja, que precisa ganhar ritmo de jogo e marcar mais gols. Se tivesse feito pelo menos um contra o Atlético Tucuman, o Palmeiras fatalmente traria três pontos da Argentina.

Os jogadores Thiago Santos e Willian (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

Nosso principal desfalque é o volante Felipe Melo, que cumpre suspensão automática. Tchê Tchê, recuperado de fratura no ombro volta ao time e deve jogar ao lado do Thiago Santos.

Na defesa e no ataque, o polivalente Yerry Mina pode fazer a diferença e, quem sabe, promover mais uma daquelas dancinhas depois de um gol!

O provável time que vai a campo é o seguinte: Fernando Prass; Jean (Fabiano), Yerry Mina, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos e Tchê Tchê; Dudu (Michel Bastos), Alejandro Guerra e Keno; Miguel Borja.

O melhor pós-jogo de Palmeiras x SPFC você acompanha aqui no Clube Mondo Verde.

Abraço a todos!