Caio Jr.: uma grata surpresa até agora

Bom dia, boa tarde, boa noite, palmeiristas! Sei que ainda é cedo para fazer uma avaliação do novo técnico do nosso amado Palmeiras, mas mesmo assim, estou surpreso, e de forma positiva, com o desempenho de Caio Jr.. Logo que chegou, já foi fazendo uma lista de dispensas, diminuindo o plantel do clube, de quase 50 atletas, para apenas 28, um número coerente para se trabalhar num time de futebol, inclusive dispensando verdadeiros “abacaxis” que não rendiam o esperado, casos de Alceu Jamanta, Marcio Careca, Chiquinho Cara de Bebê e Marcinho Porpeta, entre outras dragas!

Trabalhando em conjunto com Gilberto Cipullo, o novo diretor de futebol, (que, diga-se de passagem, em menos de um mês, já fez muito mais que o Palaya em dois anos!) contrataram corretamente e com critério, fizeram um planejamento, algo impensável desde 2000 pelos lados do Palestra, e, a meu ver, estão montando um bom time, competitivo, motivado, e que, acredito, nos dará muitas alegrias em futuro próximo.

Claro que, semana que vem, iremos estrear no Paulistão, e daí poderemos ter uma noção do comportamento da equipe, mas acho que se derem tempo, essa dupla ainda trará muitas alegrias a todos nós. E quando eu digo tempo, eu quero dizer no mínimo seis meses, para que o time possa tomar uma cara tática e emocional. Vamos esperar e torcer muito para que dê tudo certo, porque como sempre diz meu amigo Fabian Chacur, se as coisas derem errado para o Palmeiras este ano, quem vai sofrer seremos nós, torcedores, e não os atletas.