Blatter confirma Palmeiras como primeiro campeão mundial

Espero que essa discussão imbecil acabe de uma vez por todas. Todos os palmeirenses, principalmente os mais antigos, sabem que o Palmeiras foi Campeão Mundial em 1951.

Já falamos muito sobre isso, a imprensa da época reconheceu o Palmeiras como campeão do mundo após vencer a poderosa Juventus, na primeira partida final da Copa Rio. O segundo jogo foi disputado no Maracanâ e terminou empatado em 2 a 2.

A cidade de São Paulo parou para ver o desfile dos campeões intercontinentais no dia seguinte. Uma busca simples nos arquivos da época mostra a dimensão daquela conquista para o Palmeiras e para o Brasil.

Desde o início do século XXI, os dirigentes buscam o reconhecimento do título pela FIFA. A entidade agora promove anualmente um campeonato mundial, mas ainda não havia chancelado a irrefutável conquista palmeirense.

Em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo”, no entanto, o presidente Blatter parece que finalmente vai corrigir esse erro histórico.

“O Palmeiras, naquela época, foi o campeão do mundo de clubes. Naquela época (anos 50), eles foram os campeões. Vamos dar um certificado para todos os campeões. Agora, temos um campeão a cada ano”, disse o cartola.

Na prática, isso não muda nada (talvez possa ajudar em algumas ações de marketing). A verdade é que o torcedor palmeirense que conhece a maravilhosa história do seu clube, ao contrário de outros por aí, sempre valorizou esse título importante do Palmeiras.

O “carimbo” da FIFA não nos torna mais ou menos campeões. A taça jamais saiu da nossa sala de troféus, senhores. E que venha a próxima…

Abraço a todos!