Belluzzo comparece a treino e apóia o time para jogo decisivo

Depois do vexame de sábado, os jogadores não tiveram descanso e já treinaram ontem mesmo, visando o duelo de terça-feira, contra a LDU, no estádio Palestra Itália.

Os atletas que entraram atuando diante do Santos realizaram trabalho de recuperação. O restante do grupo fez um treino em campo reduzido,que durou aproximadamente 50 minutos.

Quem esteve presente no treino  foi o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo. O mandatário palmeirense fez questão de prestar total apoio aos jogadores e à comissão técnica.

“Vim até o treino para manifestar apoio irrestrito ao grupo e aos membros da comissão técnica. O Palmeiras está realizando um trabalho sério e vamos dar sequência no nosso projeto, independente do que acontecer”, afirmou, para depois explicar as razões de não perder a cabeça neste momento.

“Não pode ter desespero. O sofrimento de ser eliminado em casa é grande, mas não podemos agir somente com a emoção. Quando vencemos o Sport, em Recife, era tudo uma maravilha. Agora, parece que nada mais presta.” Para Belluzzo, as chances do time se classificar na Libertadores devem servir de alento e inspiração para todos os palmeirenses.

“A gente sabe o quanto é difícil. Não quero ficar criando ilusões, mas enquanto a equipe tiver chances de conseguir a classificação, devemos continuar acreditando e incentivando. E, caso não aconteça de avançarmos, temos que agir com racionalidade”, explicou o presidente.

Os jogadores voltam a treinar hoje, às 16h, na Academia de Futebol, sob o olhar desconfiado de Raul Bianchi. Para o jogo contra a LDU, o time terá as voltas de Cleiton Xavier, Sandro Silva e Marquinhos, que não enfrentaram o Santos. Willians segue de fora se recuperando de dores no púbis.

Agora temos que esquecer o jogo de sábado,e apostarmos todas as nossas fichas no jogo de amanhã e na permanência do time na Libertadores, caso contrário, até o dia 10 de maio!