Beckham jogando no Verdão…e por que não?


Por Flavio Canuto

Antes de mais nada, é bom deixar claro que não há nada entre o Palmeiras e o meia inglês além do fato de o mesmo ter participado de um vídeo da AEG, empresa que será a gestora da Nova Arena, falando sobre o nosso novo estádio.

Ah, sim…ele também estava em campo naquele fatídico 30 de novembro de 1999, mas isso a gente esquece.

Pois é, Beckham já está no final de sua carreira, jogando (bem) no LA Galaxy, mas tem o desejo de jogar por mais uma temporada antes de parar, e jogar no Brasil é um sonho do atleta inglês.

Jamais o achei um craque de bola, até o Rivaldo original era muito mais jogador que ele, mas fora de campo Beckham é quase um Pelé.

Seu apelo com o público feminino, infantil, seu talento natural para ser uma celebridade, além de sua linda mulher Victoria, fazem de Beckham um prato cheio para a atrair a atenção da grande mídia (não apenas esportiva), e gordos contratos de marketing.

Se o Palmeiras conseguir trazer o atleta, com a ajuda da AEG, seria a maior jogada de marketing da história do futebol brasileiro, superando até mesmo a volta do Ronaldo para o Brasil.

Resta saber, no entanto, se David realmente se interessaria por uma proposta verde, e se o Depto de marketing (?) do Palmeiras terá algum planejamento para isso.

Com o baixo nível técnico do futebol brasileiro atual, e a nossa economia (ainda) aquecida, só vejo vantagens com a contratação do jogador.

Ah, sim…pode pintar o ciúme de algum (ex)cartola palmeirense, mas isso a gente discute no banheiro.

Abraço a todos!

Confira no link abaixo, o AUDIOPOST de Raul Bianchi sobre o evento da Nova Arena: