Barcos utiliza o Twitter para avisar que não está de saída

É incrível que quando as coisas não estão bem, os abutres tentam a todo momento piorar ainda mais a situação e para isso acabam até distorcendo tudo o que é dito nas entrevistas.

Foi o que ocorreu na última quarta-feira, quando Barcos concedeu entrevista coletiva na Academia de futebol e muitas das manchetes por aí davam conta que o craque argentino estaria já preparando a sua despedida do Verdão.

Percebendo que suas palavras haviam sido mal interpretadas, muitas vezes de forma proposital, Barcos utilizou a sua conta no Twitter para tentar convencer ao menos a imprensa de seu país de não pretende deixar o Brasil e o Palmeiras.

“Saíram umas notas de que eu estava sendo ameaçado, que queria ir embora do Brasil, e isso não é bem assim. Eu disse que, caso sentisse medo (de violência), aí sim pensaria em sair do Brasil. ‘Olé’, ‘Clarín’, etc…não tem que colocar em seus textos palavras que eu não digo, porque minha família e meus amigos ficam preocupados. Perguntem antes. Obrigado”, escreveu Barcos.

Espero que pelo menos lá na Argentina, a imprensa acredite na palavra do Barcos. No Brasil, a campanha para tirar do Palmeiras o maior atacante que vestiu a nossa camisa 9 desde a aposentadoria de Evair Aparecido Paulino segue firme em diversos meios de comunicação.

Atlético-MG, Santos e Fiorentina são alguns dos destinos imaginários criados para o atleta.

Infelizmente, o caos administrativo que se instaurou no clube desde a volta dos Piracis, Frizzos e Tirones tornou o ambiente ainda mais propício pra esse tipo de sacanagem com o Palmeiras. Mas isso ainda vai ter fim…

Abraço a todos!