Banco do banco mantém Verdão na liderança

Dizem que para ser campeão é preciso ter um bom elenco. Se isso for de fato verdade, o Palmeiras certamente está no rumo certo. Afinal de contas, hoje contra o Guarani, no Estádio Palestra Itália, demos uma verdadeira aula nesse sentido. Entramos com o time reserva, que incluiu apenas três jogadores normalmente titulares- Marcos, Pablo Armero e Danilo. Pois coube a dois reservas desse time, ou seja, o banco do banco, decidir a partida. O paraguaio Ortigoza, que entrou aos 13 minutos no lugar do zagueiro Maurício, deu belíssimo passe e colocou Deyvid Sacconi, substituto de Marquinhos a partir dos 22 minutos, na cara do gol. O meia não vacilou, e, aos 34 minutos da etapa final, concluiu com eficiência e fez o tento que nos deu a nona vitória no Paulistão 2009, além de nos garantir a liderança isolada da competição por mais uma rodada, no mínimo.

Como seria de se esperar, a equipe campineira, que estreava técnico novo (Macuglia), entrou fechada na defesa, tentando explorar os contra-ataques. Por sua vez, o Verdão vinha para cima, especialmente graças à movimentação e garra de Lenny, que ia para cima da defesa adversária e fez boas tabelas com Evandro e Marquinhos. O Guarani se mostrou perigoso aos 25 e 26 minutos, em dois bons chutes de Fernando Gaúcho, e aos 32 minutos, com defesa providencial de Marcos em arremate de Bruno. Aos 45 minutos, Lenny é derrubado na área, e pede para bater o pênalti. Luxa prefere que Marquinhos o faça, e o ex-jogador do Vitória manda para fora.

Provavelmente sentindo o esforço feito nos 45 minutos iniciais, o Guarani passou a etapa final praticamente só se defendendo, enquanto Lenny e seus colegas tentavam furar o bloqueio defensivo do adversário. A entrada de Ortigoza e Sacconi ajudou a melhorar a qualidade de passe do time alviverde, e as jogadas foram sendo criadas, culminando com o gol de Deyvid Sacconi.

A partir daí, foi só segurar a posse de bola e comemorar mais uma vitória. Marcos saiu no intervalo dando lugar a Bruno, mas, aparentemente, isso ocorreu mais por precaução, e ele deve jogar na terça-feira, contra o Colo Colo, pela Taça Libertadores da América. Um público de 11.657 pagantes compareceu para conferir mais essa vitória do Palmeiras.